sexta-feira, 29 de março de 2013

Beirut's Wonder Forest



Fala, seres celomados!!! E aí, tudo bem?!

Pois bem, meus caros leitores, hoje no Puzzle Mind iremos mostrar o segundo post da tag "Construções". O primeiro foi sobre "O Parque Celeste de Singapura" e se vocês ainda não viram eu vos aconselho a darem uma olhada lá, clicando aqui.

Então, tudo bem que o Beirut's Wonder Forest não é bem uma construção, mas sim um projeto idealizado por arquitetos do grupo do Studio Invisible, mas vocês vão entender o porquê de eu ter escolhido esse assunto com a continuidade da leitura do post.

Vamos lá?!

Beirute é a capital e maior cidade do Líbano, país do oeste asiático, e assim como diversas grandes capitais ao redor do mundo não há tantas áreas verdes, pois houve um grande crescimento e essas áreas verdes foram desmatadas, pois antes o lado ambiental não era tão "levado a sério", não era visto com tanta importância, coisa que só foi começar a acontecer em  1972 com a Conferência de Estocolmo sobre o homem e o meio ambiente, mas que só foi posta em prática mesmo com a RIO - 92, mas enfim... esse já é um assunto para um novo post, não é mesmo?!

Voltando para o assunto do post... Beirute, está localizado no Oriente Médio e é alvo também de alguns conflitos, teve-se a Guerra Civil Libanesa entre os anos de 1975 e 1990 a capital ficou um tanto destruída e após esse período começou sua reconstrução e estava quase concluída no ano de 2006, porém com a Guerra de 2006 entre Israel e o Hezbollah (que é uma organização com atuação política e paramilitar fundamentalista islâmica xiita sediada no Líbano que significa "partido de Deus") voltou a ficar destruída, com várias mortes de civis e houve uma grande perda na infra-estrutura da capital e das outras cidades libanesas. Resultado esse que causou também grande perda na área verde de Beirute.

E é aí que entra o assunto do post de hoje, meus queridos leitores, pois a ideia do "Beirut's Wonder Forest" consiste em transformar o topo dos prédio em jardins, com árvores que se adaptam ao clima local e que serão presas por fios de aço para evitar acidentes no caso de chuvas e ventos fortes.

"Segundo os arquitetos, o projeto apresenta uma série de benefícios para a cidade: o ar ficaria mais puro, o ambiente mais saudável, as árvores proveriam sombras e amenizariam o clima quente e seco.

Além disso, os “telhados” dos edifícios seriam transformados em espaço de convivência para seus moradores – o que aumenta a qualidade de vida da população – e os jardins poderiam ser o pontapé para a agricultura urbana, com a criação de pequenas hortas por toda a cidade."   (Retirado da Super Interessante)

Vejam algumas fotos do projeto:


Beirute antes

Beirute depois, caso o projeto seja concluído


(Imagens: StudioInvisible)

Pois é, meus queridos leitores, ótima ideia, não é verdade? E o meio ambiente agradece \o/ . Eu curti bastante essa iniciativa e espero que realmente dê certo e que esse projeto saia do papel para que possamos ver como ficou. 

Aaah, só lembrando que o post de hoje foi feito com base na reportagem da revista Super Interessante! Espero que tenham gostado de mais esse post e...

até mais, deuterostômios,

MAY THE FORCE BE WITH YOU!


quarta-feira, 27 de março de 2013

Chobits: a busca por si mesmo e uma pessoa especial


Dessa vez, o post-recomendação vai ser sobre um anime mais "leve", visto que o anterior foi sobre Death Note e precisamos dar uma relaxada na trama de hoje hehe Enfim, não lembro há exatamente quanto tempo eu assisti esse anime, mas sempre me falaram muito bem, então decidi conferir. Está certo que nem sempre as coisas foram como eu pensei que seriam, visto que eu tinha uma imagem bem shoujo (embora não seja) de Chobits, porém, é muito bom e eu recomendo bastante.

O ponto alto de Chobits é a temática tecnológica e individualista num mundo onde as pessoas estão cada vez mais solitárias. "A Cidade sem Ninguém" é uma história contada no decorrer do anime e realmente me encantou ao ponto de me dar vontade de chorar. Não exatamente por ser triste (no fundo, é sim). Mas principalmente por mostrar a necessidade que todos nós temos de encontrarmos nossa pessoa especial, aquela que será só nossa e que estará conosco não por necessidade, mas porque nos ama profundamente (alô, Puzzle Boy! <3).


Bom, esse anime é, na verdade, uma adaptação do mangá de mesmo nome, o qual foi criado pela tão aclamada CLAMP. Não pretendo falar muito sobre isso agora (deixarei para um outro post), mas resumindo bastante para quem não conhece: CLAMP é um grupo de mangakás do Japão, o qual é responsável por vários nomes notáveis de mangás, tendo grande parte de seus trabalhos adaptados para a animação e liveactions. Levam o nome CLAMP: Card Captor Sakura, TSUBASA RESERVoir CHRoNiCLE, Magic Knight Rayearth, Angelic Layer, RG Veda, Kobato, dentre outros (inclusive e obviamente, Chobits).

Enfim, a trama é bem simples de ser entendida, mas isso não desmerece a história. Aliás, simplicidade não desmerece história alguma. Entretanto, mesmo sendo bastante fácil de entender, Chobits nos remete vários pensamentos filosóficos e existenciais, uma vez que nos mostra temas bem atuais, mas que foram adaptados a um universo mais futurístico.

Ah, uma coisa que merece ser informada: eu já mencionei que, a princípio, pensei que Chobits era uma obra shoujo (direcionada ao público jovem feminino). Entretanto, esse anime (tal como o seu mangá) se encaixa no gênero seinen, o qual é geralmente aceito pelo público masculino de 20 a 40 anos. Embora seus personagens possuam traços bastante "fofos", existe uma certa e nítida maturidade em algumas cenas, por isso não se recomenda para pré-adolescentes ou mais jovens.


Sinopse


Chobits se desenrola em torno da história de Hideki, um garoto natural do interior de Hokkaido, mas que decide se mudar para Tóquio a fim de ingressar na Universidade de lá. Rounnin (quem prestou vestibular mas não passou), ele começa a encontrar dificuldades desde a sua chegada, pois nota a grande diferença entre a capital e sua cidade natal.
Antes de qualquer outra coisa, Tóquio é tecnologicamente avançada, tendo uma grande infinidade de eletrodomésticos e produtos que Hideki nunca havia visto. Além disso, é bastante comum ver persocons (Personal Computer) nas ruas. Eles são "robôs domésticos" e são capazes de uma infinidade de coisas, mas claro, apenas se tiverem o software adequado. Caso contrário, é preciso o dono do persocon instalar nele um software de aprendizado e ensiná-lo todas as tarefas que ele deverá desempenhar. Existem desde persocons propriamente "domésticos" até aqueles ligados à indústria do sexo.


Ao estar voltando para seu apartamento em Tóquio, Hideki encontra em meio ao lixo uma linda persocon, e como ela parece estar em perfeito estado, ele a leva para casa e a partir daí decide que ela será sua persocon doméstica (Hideki também começa a ter pensamentos poluídos com relação a seu persocon *tsc tsc*). Ao ligá-la, a robô não demonstra ter nenhuma habilidade e a única coisa que consegue falar é Chii (lê-se "tchi"), daí o nome que Hideki lhe dá. A partir desse ponto, ele começa a notar coisas e comportamentos estranhos em Chii e tenta desvendar vários mistérios nos quais ela parece estar envolvida.


Personagens


Chii não é exatamente a protagonista, muito embora a história gire em torno de sua existência.
Ela é encontrada por Hideki quando ele está voltando para casa após suas aulas e então passa a ser sua persocon. Entretanto, Chii não possui qualquer memória ou habilidade, então aprende tudo a partir do que Hideki lhe ensina.
Mistérios giram em torno de Chii e imagina-se que ela faz parte da série de persocons raros de nome Chobits. A princípio, isso é apenas uma lenda. Porém, coisas estranhas começam a acontecer quando Chii está por perto.

Hideki é um rounnin que se muda para Tóquio em busca de entrar na Universidade de Tóquio. Porém, logo que chega ele percebe que as coisas não serão fáceis.
Desastrado e levemente depressivo, Hideki fica muito entusiasmado quando encontra uma linda persocon e logo trata de cuidá-la e ensiná-la várias coisas. Por vezes tem pensamentos sujos sobre ela.
Mesmo assim, Hideki é uma boa pessoa e aos poucos começa a se importar bastante com Chii e se afeiçoar a ela. Mas espera aí... Como algo seria possível se ela é uma persocon?

Shimbo está, assim como Hideki, estudando para ingressas na Universidade de Tóquio. Ele é também o seu primeiro amigo na capital e faz o possível para ajudá-lo.
Inclusive, quando Hideki encontra Chii, é Shimbo quem o ajuda, pois o informa sobre persocons, marcas, suas necessidades, softwares, dentre outras coisas. E é ele também quem apresenta a Hideki uma pessoa mais experiência em robótica, o qual lhe ajuda com os mistérios de sua persocon.
Bastante amigo e divertido, Shimbo é também o dono de Sumomo, uma persocon móvel.

Sumomo é a NotePersocon (persocon "de bolso") de Shimbo. Por ser um modelo humanóide menor, ela é mais barata que muitos persocons. Entretanto, não deixa de ser útil: ela baixa arquivos direto da internet, entra em sites, faz pesquisar, ensina ginástica, serve como despertador, anota recados e faz muitas outras coisas.
Extremamente ativa, Sumomo tem muito medo de Hideki (principalmente quando ele começa a gritar).
Além disso, ela é a "amiguinha" de  Chii e está sempre disposta a animar qualquer um que esteja triste ou com uma "atmosfera muito densa".

Freya (ou "Dark Chii") é a imagem que aparece nos sonhos de Chii ou quando ela fecha os olhos.
Ela é um mistério constante e normalmente aparece em momentos tensos da história.
Acredita-se que Freya está diretamente ligada ao passado obscuro de Chii.

Freya envolve muitos spoilers. Só posso falar mais uma coisa: ela sabe muito mais do que qualquer um imagina sobre o passado de Chii.




Abertura



Encerramento



Bom, galera. É isso. Espero que tenham gostado. Esse segundo vídeo é o segundo encerramento de Chobits e eu particularmente amo essa música. É triste de uma forma muito linda. Confiram. 

Enfim, eu quero saber de vocês: já assistiram Chobits? Se sim, o que acharam? E se não tiverem assistido ainda, ficaram com vontade? Ahh, comentem também se conhecem algum outro trabalho do CLAMP e/ou se querem que depois eu faça um post falando apenas sobre esse grupo de mangakás. Até a próxima e obrigada pela visita!


Patrícia Melo,
Bombril do Puzzle Mind

segunda-feira, 25 de março de 2013

Mossoró Open 2013 - 1º Campeonato Oficial de Cubo Mágico do RN



Fala, seres celomados!!! E aí, tudo bem?

Pois bem, meus caros leitores, estarei falando hoje aqui no Puzzle Mind sobre o 1º Campeonato Oficial de Cubo Mágico sediado no Rio Grande do Norte que ocorreu nos dias 23 e 24 desse mês. O evento aconteceu no auditório Amâncio Ramalho, localizado no lado leste da Universidade Federal Rural do Semi-árido, em Mossoró, que é a segunda cidade mais populosa do RN.

Eu participei desse evento, o campeonato, e posso afirmar que foi uma experiência incrível. Podemos contar com a presença do grande Cinoto que é o delegado da Associação Mundial de Cubo ( WCA - World Cube Association, em inglês) e por isso que se deu como oficial, pois tivemos um representante da Associação.

Os participantes poderiam competir em 10 modalidades dentre as quais tinha: rubik's cube (cubo tradicional 3x3), o cubo 2x2, cubo 4x4, cubo 5x5, megaminx, pyraminx, square-1, o cubo mágico com uma única mão, o cubo mágico com os pés e o cubo mágico com os olhos vendados (blindfolded). Eu me inscrevi em 4 dessas 10 modalidades, mas apenas participei de 3 que foram o cubo mágico tradicional (3x3), o cubo 3x3 com uma mão e o pyraminx o qual eu fiquei em 3º lugar.

meus tempos no Pyraminx
3º lugar no pyraminx

video


Os tempos de cada cubista no Campeonato pode ser visto nesse site aqui.

Então, falando agora sobre como foi o campeonato em si... foi muito bacana e muito prazeroso ter participado e não é todo dia que podemos estar ao lado de Rafael Cinoto que é um dos grandes ídolos cubistas e sem falar que ele é um cara super legal e bastante simpático.

Além disso, uma das coisas mais legais que podemos fazer em um campeonato como esse é conhecer pessoas novas e fazer amigos e eu pude encontrar pessoas bastante legais tais como Arthur Fellipe de Recife, Edvan Pontes de João Câmara e Gustavo Penaforte de Fortaleza. Fico feliz por ter conhecido vocês e foi um prazer imenso! Espero que possamos nos encontrar novamente.

E sobre os campeões? Bem, como não foi surpresa nenhuma Wagner Victor ganhou quase tudo que disputou ele participou de 8 das 10 modalidades e levou 5 medalhas de ouro, 2 de prata e 1 de bronze. Olha só, pessoal, ele tava tão bem que até ganhou para Cinoto! Ele só não ganhou a medalha de ouro no cubo 2x2, no megaminx e no cubo 3x3 com uma mão.

video


E a surpresa do Campeonato? Qual foi? A ah, o Cinoto queé o melhor cubista com os pés da América do Sul e o 6º melhor do mundo com o tempo de 33.02 segundos (para vocês terem noção ele monta um cubo com os pés mais rápido do que eu com as duas mãos haha...) não foi o campeão, pois o cubo deu DNF ( did not finish) que é o resultado das tentativas inacabadas ou desqualificadas e foi o que aconteceu em uma das 3 tentativas dele que acabou o deixando em terceiro lugar, o 2º lugar foi ocupado por Pablo Duarte e em primeiríssimo lugar Gustavo Penaforte.

Agora vamos para alguns dados estatísticos do Campeonato. O rubik's cube, que é o cubo tradicional (3x3) foi o que teve mais cubistas participando, 35 no total. Logo depois foi o cubo 2x2 com 21 participantes. E com menos participantes tivemos o square-1 e o cubo mágico com os olhos vendados ambos com apenas 3 participantes. O Mossoró Open 2013 também contou com 53 inscritos, mas apenas 35 participaram, ou seja, tivemos aproximadamente 66% de presença.

Enfim, posso afirmar com total certeza que todos que participaram se divertiram bastante, adoraram estar em um meio com muitos cubistas, curtiram muito poder estar ao lado de Rafael Cinoto e na minha opinião que sou um cubista por diversão realmente posso dizer que esse 1º Campeonato de Cubo Mágico Oficial do RN, o Mossoró Open, realmente foi fantástico! Como citei anteriormente nós podemos encontrar e conhecer pessoas muito legais e o maior intuito do campeonato foi mesmo juntar todos os cubistas.

Eu agradeço a todos vocês por participarem. Obrigado Ademar Dantas, Andrezza Torres, Arthur Cardins, Breno Vinícius, Bruno Vinícius, Carlos Adriano, Cássio de Araújo, Edvan Pontes, Gustavo Penaforte, Heitor Paiva, Igor Marcell, Ingrid Priscilla, Jackson Lucas, Jamille Millene, Jean Patrick, Jedaias Soares, João Carlos, João Filho, Jodley Venceslau, José Cesário, Juliana Cristina, Luana Talita, Luiz Fernando, Pablo Duarte, Pablo Eduardo (EU MESMO, hehe!), Rafael Cinoto, Raul Sérvulo, Severino Alves, Stefani Valesca, Victor José, Vlademir Fernandes, Wagner Victor, Wescley Vinicius, Wilson Carlos à todos o meu muito obrigado por terem participado do Campeonato e também agradeço aos familiares, amigos e demais pessoas que lá estavam e assistiram ao campeonato e que fizeram parte desse maravilhoso evento. Recebam todos o meu sincero obrigado.

Agora vamos ficar com algumas fotos e vídeos do campeonato:

banner

alguns puzzles


mais puzzles...

medalhas

Competidores do Pyraminx. Só faltou o Cinoto.
Cinoto montando o cubo com os pés
Eu montando o cubo 3x3 com uma mão
Galera reunida esperando a hora de montar o cubo 3x3
Arthur e Eu
Edvan e Eu
Medalhistas do Mossoró Open 2013
Casais do Campeonato. P.S.: Essa não é a mulher do Cinoto, galera! Foi só para representar e não dá para ver, mas ele está segurando uma folha com o nome dela. Heitor e Edvan fizeram o mesmo para suas namoradas.
Cubistas. Nem todos estão na foto, mas grande maioria sim!
Eu, Gustavo e Cinoto

Melhor treinadora do Mundo!!!

Te amo muito, amor!!! <3

Cinoto e Eu

video

video

video


Vamos organizando outro campeonato aí que eu gostei bastante e quero participar de novo! hehe.

Então, é isso, meus queridos leitores, espero que tenham gostado de mais esse post e não esqueçam de escreverem seus comentários aqui abaixo. Obrigado por lerem mais essa postagem aqui no Puzzle Mind. Eu vou ficando por aqui e...

até mais, deuterostômios,

MAY THE FORCE BE WITH YOU! 


sábado, 23 de março de 2013

Água - um bem precioso



Fala, seres celomados!!! E aí, tudo bem?

Pois bem, meus caros leitores, gostaria de primeiro pedir desculpa pela minha ausência nesse últimos dois dias aqui no Puzzle Mind, pois estava um tanto ocupado.

Voltando ao assunto do post... então, como muitos já perceberam no título da postagem iremos falar sobre água e tá ok, eu sei que o título ficou meio clichê, mas enfim, ontem foi o Dia Internacional da Água e eu resolvi falar um pouquinho sobre isso aqui, pois ontem não postei nada no blog.

Então, meus queridos leitores, como todos sabemos a água é de suma importância para a sobrevivência de nós, seres humanos, e O nosso corpo é composto por mais de 70% de água.

Sua importância é tanta que podemos visualizá-la desde a antiguidade onde, por exemplo, os egípcios se instalaram nas margens do Rio Nilo e construíram as primeiras cidades do mundo.

Diante disso podemos dizer que: "tudo com água fica mais fácil, sem ela tudo fica mais difícil" e essa realmente é uma verdade irrefutável!

Precisamos da água em todos os momentos de nossas vidas. Seja para nos hidratar, matar a sede dos animais, para tomarmos banho, lavarmos a louça, preparar os alimentos, lavarmos as roupas, irrigar a terra, lavarmos as mãos, escovarmos os dentes e "n" coisas a mais. É muito importante, não é mesmo? Viram no que tanto utilizamos a água no nosso dia-a-dia e essas só foram algumas coisas, pois ainda tem muito mais!

Certo, pessoal, nós precisamos muito de água, isso é fato! Mas sabemos que um dia se continuarmos com esse grande desperdício um dia ela irá acabar, não é mesmo? Mas aí vocês podem me dizer: "Mas, Eduardo, a Terra é composta por mais de 70% de água. É água demais, não vai acabar não!". É realmente a água não vai acabar não, mas a água própria para o consumo SIM!

"Apenas uma ínfima parte da água disponível é própria para o consumo humano e aí reside o problema. De toda a água existente no mundo, 97,5% é salgada e pode ser encontrada em mares e oceanos. Outros 2.493% é doce mas está localizada em geleiras (1,979%) ou regiões subterrâneas (0,514%) de difícil acesso. Somente 0,007% de água oriunda dos rios, lagos (0,006%) e atmosfera (0,001%) está disponível para o consumo humano". Vejam a reportagem aqui.

Ou seja, o quanto temos de água doce e própria para o uso é MUITO POUCO se comparado com o total de água existente no planeta Terra, não é mesmo? Pois é, e como sabemos e também é mostrado nessa pesquisa a maior parte da água própria para o uso está localizada em locais de difícil acesso. E isso é bastante complicado.

E então, o que faremos? Aah, isso é bem simples na prática o que fica mais difícil de ser realizado é na teoria, pois todos nós, seres humanos, deveriamos estar cientes que temos que preservar o pouco de água própria para o uso que nos resta e devemos racioná-la de diversas formas. Tais como: tomar banhos mais curtos, ao escovar os dentes, lavar as mãos e lavar a louça fechar sempre a torneira quando não estiver usando, juntar uma boa quantidade de roupas antes de colocar na máquina de lavar, não jogar lixo nos rios e nos córregos etc.

Portanto, meus queridos leitores, para que seja mais fácil e que as pessoas tenham mais consciência para com o uso e racionamento da água a ONU (Organização das Nações Unidas) criou em 1992 o dia Internacional da Água que acontece em todo dia 22 de março de cada ano. E essa conscientização deve ser posta em prática desde quando o indivíduo for ainda criança, por isso que é muito importante que haja a semana da água, onde os estudantes fazem trabalhos e estudam sobre a importância da água, seu racionamento, utilização, etc.



É isso aí, pessoal, espero que tenham curtido meu post! Deem suas opiniões nos comentários e vamos fazer nossa parte, não é mesmo?

Até mais, deuterostômios,

MAY THE FORCE BE WITH YOU!

quarta-feira, 20 de março de 2013

O MEC e os seus métodos avaliativos questionáveis



Fala, seres celomados!!! E aí, tudo bem?!

Pois bem, meus caros leitores, hoje vamos falar um pouco sobre educação que é um tema bem complicado de ser abordado e tem várias vertentes e para começar a falar sobre esse assunto que tal falar um pouco sobre o Ministério da Educação (MEC)?

Então, em uma linguagem bem metafórica podemos analisar o MEC como se fosse um rio o qual é alimentado por inúmeras vertentes, dentre as quais estão as famílias, as comunidades, as escolas, as universidades, a internet etc. Todas essas vertentes citadas tem um grande papel na formação social, cultural, política e intelectual de um indivíduo sendo esse um papel bom ou não.

E quem comanda a maioria dessas vertentes? O MEC, claro. O Ministério da Educação é quem organiza os modelos educacionais, a legislação educacional, os métodos avaliativos, a formação dos professores etc. Sendo o MEC o rio ele desagua no mar e esse mar é a EDUCAÇÃO e assim como todos nós queremos um rio com águas limpas para podermos usufruir dele e um mar também limpo para podermos tomar banho e não afetar a vida marinha também queremos uma educação de qualidade, não é mesmo?

Como todos sabemos o Brasil é dos países que cresce mais economicamente hoje em dia e temos o 6º maior PIB do Mundo. E como é que com tanta riqueza ainda somos o país em lugar 88º do ranking de eduacação da UNESCO? Esse questionamento foi abordado em um dos meus posts anteriores. Se vocês ainda não viram eu vos aconselho a clicarem aqui e lê-lo. Valendo salientar que esse relatório da Unesco foi de 2008.

Visto isso, meus queridos leitores, vamos analisar um pouco esses métodos avaliativos propostos pelo MEC, mais precisamente o ENEM, e será mesmo que essas formas as quais o MEC utiliza são as melhores? Bem, isso é bastante questionável!

Pegando a prova do ENEM realizada em 2012 podemos ver que há uma grande vantagem para os estudantes do centro-sul do país (Centro-Oeste, Sudeste e Sul), visto que poucos são os temas, por exemplo, ligados a geografia e história nas regiões Norte e Nordeste. Para vocês terem uma noção o ano de 2012 o Brasil comemorava o centenário de Luiz Gonzaga, o rei do baião, e apenas caiu uma única questão sobre ele na prova de "ciências humanas e suas tecnologias". Uma ÚNICA questão dentre as 45 no total, em porcentagem seria 2,22% o que é muito pouco e ainda sem levar em conta que para responder a questão não precisava nem saber quem foi Luiz Gonzaga, bastava apenas interpretar o trecho da música "A vida de viajante", composta pelo próprio Luiz Gonzaga.

Sem contar a falta de segurança e da fiscalização das provas do ENEM. Como exemplo podemos citar o vazamento de 14 questões do Exame Nacional do Ensino Médio de 2011, pois o MEC realiza testes para ver a dificuldade das questões. 

O MEC tem um banco de dados com muitas questões e pega algumas delas e realizam esse teste em algumas escolas do país para saber o nível de dificuldade de cada questão. Para quem não sabe essa situação gerou um grande problema. Foi pensado em anular toda a prova do ENEM e depois pensaram em anular só essas 14 questões...enfim, foi um grande problema.

Um outro problema é a Teoria da Resposta ao Ítem (TRI) que está ligada a esses testes citados no parágrafo acima. Na TRI o foco principal é na questão em si e não no total de acertos. É tanto que duas pessoas podem ter acertado o mesmo número de questões em cada área de conhecimento e terem notas diferentes. Vejam só, é mais ou menos assim: você acerta uma questão difícil e erra uma fácil, então o sistema vai computar que você acertou essa questão difícil no chamado "chute" (Sorte) e se uma pessoa acertar uma questão fácil e errar uma difícil terá mais pontos do que a outra que acertou a difícil e errou a fácil. Bem, para mim isso é bem controverso, não é mesmo? O que pode ser fácil para um pode não ser para o outro.

Aaaah, e eu já ia me esquecendo... a Redação, a RE-DA-ÇÃO... e seus INÚMEROS problemas. Não é a toa que todo ano os estudantes reclamam cada vez mais da correção da redação e chegam até a brincar dizendo que a nota da redação acontece por sorteio e que os corretores nem chegam a corrigir a nota da redação de fato. Pois bem, pessoal, eu não sei se eles corrigem ou não, mas espera-se que eles corrijam, né?

Um exemplo bem prático disso e que inclusive foi mostrado e comentado ontem (19/03/2012) nos jornais, telejornais, redes sociais, etc é a redação de um estudante que no penúltimo parágrafo da sua redação ensina como preparar um miojo. É isso mesmo que vocês estão lendo! Numa redação onde o tema era "O MOVIMENTO IMIGRATÓRIO PARA O BRASIL NO SÉCULO XXI" ele vem falar do miojo e ainda ganha 560 pontos na redação! Deem uma olhada:



Meu Deus!!! Eu fiquei indignado ao saber disso. Se eu soubesse tinha descrito como preparar um brigadeiro aí vai que eles preferem brigadeiro a miojo e davam mais pontos para mim, né? Brincadeiras a parte, eu fiz a prova do ENEM - 2012 e tirei APENAS 640 pontos na redação, tudo bem que minha redação não foi lá tão boa, e inclusive eu mesmo achei muito ruim, mas ficou muito melhor se comparada a essa do miojo.

Olha, para vocês terem noção o candidato recebeu 120 pontos no total de 200 na competência 2 da correção, na qual são avaliadas a compreensão da proposta da redação e a aplicação de conhecimentos para o desenvolvimento do tema dentre os limites estruturais do texto dissertativo-argumentativo e eu ganhei esses mesmos 120 pontos.

Pois é... é complicado!!!

E eu não duvido nada desse candidato ter colocado em sua redação esse "parágrafo gastronômico" propositadamente só para ver quanto seria a nota dele e para ver se é mesmo "sorteio" ou não e quanto a isso eu prefiro não comentar nada.

E estou esperando ANSIOSAMENTE para saber qual será o próximo caso como esse que terá em redações do ENEM. Bem que poderiam ensinar aos corretores a fazerem um brownie, o que acham? Ou quem sabe um mousse de maracujá. Não, melhor ainda, poderiam ensinar aos corretores como corrigir uma redação corretamente! :)

Pois é, galera, sejam corretores das redações do ENEM e aprendam a fazer receitas deliciosas, dentre elas um miojo! Hmm... Que delícia!

Enfim, voltando para o lado sério da coisa são MUITAS falhas e dentre todas essas será mesmo que o ENEM é o melhor modelo avaliativo para dizer se um candidato será apto a ingressar em uma universidade ou não? Bem, na minha mera opinião NÃO! Eu não concordo com o fato de agora todas as universidades estarem aderindo o ENEM gradativamente. E não acho que o ENEM avalie a capacidade total de um aluno e para ter provas disso basta olhar os cadernos de questões. 

Levando em conta que o ENEM tem uma ideia legal, mas na prática em si não tanto, pois não dá para ser aplicado em um país tão grande como o Brasil eu ainda acho que o vestibular ainda é a melhor forma para levar um estudante para universidade e não o ENEM. Mas essa decisão que deve ser tomada não é minha e sim do MEC, não é mesmo? Fazer o quê?! 

O post de hoje foi esse, meus queridos leitores, eu espero que tenham gostado e que postem nos comentários a suas opiniões. Vou ficando por aqui e deixarei uma última imagem para vocês verem e refletirem.



até mais, deuterostômios,

MAY THE FORCE BE WITH YOU!

segunda-feira, 18 de março de 2013

Chinese Backstreet Boys



Hey, everyone! What's up?!

Calm down this post isn't all in english... ops, haha.

Fala, seres celomados!!! E aí, tudo bem?

Pois bem, meus caros leitores, nesse post eu irei apresentar e indicar para vocês, caso não conheçam os "Chinese Backstreet Boys"... preparados?!

LET'S GO!

É uma dupla chinesa que ficou famosa na internet, mais precisamente no Youtube, por dublarem os Backstreet Boys, Black Eyed Peas, Jessica Simpson e outras bandas e cantores.

Eles fizeram primeiro um pequeno vídeo apenas para se divertirem e mostraram para os seus amigos. Os amigos gostaram e eles resolveram dublar uma canção inteira e então o fizeram. Colocaram o vídeo na rede local da Universidade deles e as pessoas gostaram tanto que ajudaram na divulgação e hoje em dia encontramos vídeos deles no Youtube como o da música "I Want It Tha Way" com mais de 14 milhões de visualizações... é muito para dois amigos universitários que só gravaram para se divertir, não é mesmo?

Agora fiquem com alguns vídeos deles:








Então é isso, meus queridos leitores, espero que tenham gostado dessa dupla e do post. Eu particularmente gosto muito deles e fico rindo bastante quando vejo. E vocês o que acharam? Já conheciam?

Aaah, já ia esquecendo de falar, mas é uma pena que eles não gravam mais ou pelo menos eles não tem postado mais os vídeos no Youtube.

Vou ficando por aqui e...

até mais, deuterostômios,

MAY THE FORCE BE WITH YOU!


sexta-feira, 15 de março de 2013

"Todos os dias quando acordo não tenho mais o tempo que passou"



Fala, seres celomados!!! E aí, tudo bem?

Pois bem, meus caros leitores, estava revendo umas fotos "antigas" de uma viagem que fiz com o meu colégio na minha 2ª série do Ensino Médio para Minas Gerais e nossa...foi nostálgico, haha...senti muita saudade e vontade de chorar.

É difícil você conviver com várias pessoas por vários anos e depois se separar delas, pois a vida proporciona rumos distintos para todos nós e mesmo que um dia sejamos melhores amigos de uma pessoa talvez depois, no futuro, nem lembraremos mais dela, nem ela da gente. Daí quem sabe um dia quando estivermos olhando o álbum antigo de fotografias lá no fundo de uma caixa velha jogada lá no porão de nossas casas talvez lembremos que aquela pessoa era nosso melhor amigo(a) e vai bater uma saudade grande.

Eu sempre fico imaginando como serão as coisas no "futuro"...fico imaginando quais amizades eu conseguirei manter, quais eu ainda irei lembrar, quais possivelmente lembrarão de mim e poxa vida, será que aqueles meus amigos e colegas que concluiram o Ensino Médio comigo tem esse mesmo pensamento?

Bem, talvez sim e talvez não... eu sei que a vida é complicada e que cada um tem as suas preocupações, se dedicam aos estudos, a faculdade, ao trabalho etc etc, mas será que eles realmente não param por um único momento para relembrar isso? Coisa que eu estou fazendo agora...

Pois é... é complicado!

O mais complicado ainda é saber que quem vivemos e convivemos não estarão mais no nosso dia-a-dia, mas a partir de então na nossa lembrança, onde iremos guardar todas essas experiências maravilhosas.

Tá bom, tá bom... eu sei que a minha turma não era perfeita, nem totalmente unida, mas poxa...para falar a verdade eu gostava/gosto muito de todo mundo e creio que todos pensavam assim também, ou não.

Mais de um ano depois que terminei o Ensino Médio e só estou escrevendo esse texto agora...não sei o porquê, talvez porque agora eu tenho um blog, mas enfim... mais de um ano depois e quase todos estão em caminhos distintos, em suas respectivas universidades...alguns inclusive estão na mesma faculdade (Curso), mas são poucos.

Uma frase que me chama muito atenção é a seguinte: "Pode-se ter saudades dos tempos bons mas não se deve fugir ao presente" (Michel de Montaigne). Tudo bem, não iremos esquecer do presente e ficar preso em memórias passadas, mas nesse exato momento que estou escrevendo ISSO aqui me deparei e vi que estava pensando no seguinte: "será que as pessoas muitas vezes não esquecem das lembraças e só vivem o presente?". Bem, tirem suas conclusões, eu ainda quero ver se consigo resolver esse questionamento.

Vejamos agora um trecho da música "Tempo Perdido" de Legião Urbana:

"Todos os dias
Antes de dormir
Lembro e esqueço
Como foi o dia
Sempre em frente
Não temos tempo a perder"

--> Voltando ao questionamento... sim, não temos tempo a perder, mas será que é perder tempo parar um pouco e lembrar dos nossos amigos e colegas os quais passamos vários dias das nossas vidas juntos?

Então, não posso negar que quando estava no final da 3ª série eu não aguentava mais ficar indo para a escola. Estava de saco cheio de tudo aquilo. Ver algumas aulas chatas. Alguns professores chatos. Mas sabiam que hoje eu sinto falta dessas aulas chatas e desses professores chatos? Aah, e dos professores legais e das aulas legais também, haha... Eu queria ir logo para a Universidade e pensava que não iria sentir tanta falta "daquelas pessoas", meus amigos e colegas, e hoje estou na Universidade e cá estou eu escrevendo esse post afirmando com todas as palavras que estou com saudades deles... TODOS ELES!

Bem, eu sei que esse post pareceu meio bobo, mas sei lá, senti vontade de escrever isso. Eu sei também que muitas vezes não fui legal com todas as pessoas que estudavam comigo, mas aproveito para pedir desculpas, sinceras desculpas. E espero que um dia, no futuro possamos todos nós nos encontrar e que todo mundo esteja rico. haha =D

Dedico esse post a todos vocês que estudaram comigo, mas principalmente aos que terminaram o Ensino Médio comigo que são vocês: Ana Heloísa, Brisa Fernandes, Caio César, Daniel Cesário, Dayse Medeiros, Danilo Aires, Esdras Marques, Elyza Medeiros, Ewerton Medeiros, Felipe "da Farmácia", Iasmin Almeida, Janine Castro, Jailson Régis, Jefferson Lucas, João Lucas, José Klauber, Jaqueline Brasil, Jonas Werner, Lucas Matheus, Lucas Rafael, Louíse Saraiva, Maria Gabriela, Patrícia Geani, Renan Bezerra, Waldenixon Júnior.

Me perdoem se esqueci alguém, mas creio que são vocês mesmo.

Vou ficando por aqui, meus queridos leitores, espero que tenham gostado do post.






Até mais, deuterostômios,

                                                                                                 MAY THE FORCE BE WITH YOU!